Exames

Cintilografia da Tireoide com ou sem Captação em 24 Horas

tirioide-01
tirioide-02

Para que serve?

Diagnóstico de tireoide ectópica (glândula localizada fora do seu local normal),

  • Avaliação funcional da glândula tireoide;
  • Tireoide mergulhante (glândula aumentada, invadindo o tórax),
  • Nódulos da tireoide,
  • Hipertireoidismo e hipotireoidismo,
  • Tireoidite subaguda,
  • Câncer da tireoide, etc.

O exame possibilita verificar quaisquer anomalias na glândula, o que pode caracterizar hipertireoidismo, hipotireoidismo, entre outras alterações. Além disso, também é um tratamento terapêutico em casos de câncer de tireoide.

Orientações do exame:

  • Só serão aceitos acompanhantes (maiores de 18 anos) se o paciente tiver necessidades especiais.
  • Evitar blusas de gola alta na realização da imagem;
  • Mulheres grávidas, com suspeita de gravidez ou amamentando não poderão realizar o exame;

Como É Realizado O Exame:

O exame é realizado em dois dias seguidos.

– No primeiro dia o paciente vem até o serviço e recebe via oral uma pequena quantidade radioativa de Iodo131.

O material vai marcar toda a região da tireoide e não causa nenhuma reação adversa no paciente.

– No segundo dia (recomenda-se 24 horas após a administração da dose) o paciente chega ao serviço e será adquiridas imagens em dois momentos. O exame dura aproximadamente 20 minutos

Cintilografia de Paratireoides

paratireoide-01
paratireoide-02

Para que serve? 

  • Detecção de tumores da paratireoides;
  • Pesquisa de adenoma ou hiperplasia;

Orientações do exame

  • Ver com médico assistente sobre suspensão de alguma medicação em uso;
  • Não é necessário jejum antes do exame;
  • No dia do exame trazer exames anteriores de imagens recentes relacionados a região cervical;
  • O paciente receberá uma dose de material através da administração venosa onde o memso cintilografará a região das glândulas.
  • Após 15 minutos da administração do material, será realizado imagens que durarão até 15 minutos, após coletadas estas imagens o paciente será liberado e orientado a retornar ao serviço em 1 hora (contada a partir da primeira aplicação), onde serão realizadas novas imagens com duração de 15 a 20 minutos.
  • Posteriormente a segunda coleta de imagens no retorno de 1 hora o paciente novamente será liberado e orientado a retornar ao serviço em 2 hora (contada a partir da primeira aplicação) onde serão realizadas novas imagens com duração de 15 a 20 minutos.
  • Caso haja necessidade de realização de mais imagens o médico nuclear orientará o paciente como será feito o processo posterior.

Cintilografia Renal para Pesquisa de Hipertensão Renovascular

OBS: o serviço de medicina nuclear também realiza o exame de CINTILOGRAFIA RENAL PARA PESQUISA DE HIPERTENSÃO RENOVASCULAR que tem como finalidade  auxiliar na identificação da presença de hipertensão arterial causada pelos rins.

Para a realização deste exame entre em contato com o serviço de Medicina Nuclear para obtenção de informações e esclarecimentos junto a equipe técnica, pois há casos específicos a cada paciente que devem ser levados em conta antes do agendamento.

Cintilografia Renal – Dinâmica (DTPA) e Estática (DMSA)

Para que serve?

A Cintilografia Renal Dinâmica(DTPA), serve para avaliação da função glomerular dos rins, ou seja, avaliar o mecanismo que filtra o sangue, limpando as impurezas.

clintilografia-renal-01
  • Obstrução da junção pieloureteral ou ureterovesical;
  • Avaliada a existência ou não de estenose da artéria renal;
  • Avaliação da hipertensão renovascular;
  • Avaliação complicações dos transplantes renais;
  • Avaliação pós-operatória de um sistema previamente obstruído;
  • Distensão do sistema calicinal como etiologia de dor lombar;

Orientações para o exame:

  • Não é necessário jejum;
  • Tome normalmente os remédios que estiver usando;
  • Se possível, trazer laudos de exames realizados previamente e que sejam de interesse (cintilografias renais, ultrassonografia, urografia excretora, uretrocistografia, ressonância magnética, tomografia computadorizada, entre outros.);
  • Ingerir 3 copos de líquidos cerca de 30 minutos antes do exame. Esvazie a bexiga sempre que sentir vontade;
  • Avisar caso esteja tratando infecção urinária;
  • Mulheres grávidas, com suspeita de gravidez ou amamentando não poderão realizar o exame;
  • Só serão aceitos acompanhantes (maiores de 18 anos) se o paciente tiver necessidades especiais.

Como é realizado o exame?

O paciente deverá ingerir líquidos antes do exame (2 a 3 horas antes) para ter uma boa hidratação renal, não necessitando manter a bexiga cheia. Ao chegar no serviço receberá uma pequena quantidade de radiofármaco na veia. Logo em seguida serão obtidas imagens dos rins e da bexiga.

Caso necessário, será administrado medicamento diurético para estimular o esvaziamento dos rins.

O processo de obter as imagens dura cerca de 40 minutos até 1 hora.

Após o exame, o paciente deverá beber bastante líquido para facilitar a eliminação do material radioativo.

A Cintilografia Renal Estática Quantitativa ou Qualitativa (DMSA), por sua vez, é indicada para diagnóstico de anomalias na estrutura renal, como:

clintilografia-renal-02
  • Nas patologias infecciosas agudas dos rins,
  • Na detecção de cicatrizes,
  • Nas ectopias renais cruzada,
  • Rim Pélvico, hipoplasia renal, rim único e rim em ferradura;
  • Nos traumas e nos tumores,
  • Detecção de tumores, cistos, hematomas e abcessos renais;
  • Detecção de infarto e de cicatrizes renais após infecção;
  • Detecção precoce das complicações dos transplantes renais;
  • Detecção de malformação congênitas (rim ectópico, rim multicístico, fusão renal etc)
  • Avaliação funcional de rins com patologia obstrutiva por estenoses e urolitíase

Orientações para o exame:

  • Não é necessário jejum;
  • Tome normalmente os remédios que estiver usando;
  • Se possível, trazer laudos de exames realizados previamente e que sejam de interesse (cintilografias renais, ultrassonografia, urografia excretora, uretrocistografia, ressonância magnética, tomografia computadorizada, entre outros.);
  • Avisar caso esteja tratando infecção
  • Mulheres grávidas, com suspeita de gravidez ou amamentando não poderão realizar o exame;
  • Só serão aceitos acompanhantes (maiores de 18 anos) se o paciente tiver necessidades especiais.

Como é realizado o exame?

No caso da Estática, o paciente receberá uma dose de radiofármacos por via endovenosa e deverá aguardar de 4 a 6 horas para que a substância tenha tempo hábil de se vincular aos rins;

Não é necessário esperar esse período dentro da clínica;

O paciente deverá ingerir bastante líquido e esvaziar a bexiga sempre que for necessário;

Após esse período, serão feitas imagens dos rins. A duração dessa etapa é de aproximadamente 15 a 20 minutos;

Recomenda-se ingestão de bastante líquido após o exame para facilitar a eliminação do material radioativo.

Cistocintilogra

Pesquisa de refluxo urinário.

Cintilografia Pulmonar

cintilografia-pulmonar-01
cintilografia-pulmonar-02

Para que serve?

  • Avaliação de embolismo pulmonar;
  • Avaliação pré-operatória;
  • Determinação da perfusão pulmonar e quantificação;
  • Avaliação de pacientes com SIDA.

OBS: Também usado o Citrato de Galio-67 para pesquisa de abcessos pulmonares, pneumonias e pneumopatias intersticiais.

Orientações do exame:

  • Não é necessário jejum;
  • Trazer exames anteriores referente ao pulmão (rx tórax, tomografias, ressonâncias etc)
  • Só serão aceitos acompanhantes (maiores de 18 anos) se o paciente tiver necessidades especiais.
  • Mulheres grávidas, com suspeita de gravidez ou amamentando não poderão realizar o exame;

Como é realizado o exame?

Ao chegar no serviço no horário agendado o paciente deita no aparelho Gama Camara e será injetado uma dose de radiofármacos por via endovenosa que cintilografará toda a área pulmonar permitindo fazer as imagens anterior, obliqua anterior direita, lateral direita, obliqua posterior direita, posterior, obliqua posterior esquerda, lateral esquerda, obliqua anterior esquerda.

O exame dura aproximadamente 40 minutos.

Cintilografia para Pesquisa de Refluxo Gástrico

  • alternativa à endoscopia para o diagnóstico de refluxo gastro-esofágico, sendo um estudo extremamente fisiológico, uma vez que o paciente ingere comida sólida e líquido e o refluxo desses materiais é que são visualizados durante a cintilografia.

Cintilografia para Avaliação do Trânsito Esofágico

Avaliação funcional e da motilidade do esôfago.

Cintilografia Cerebral

Pesquisa de quadros demenciais em fase inicial, assim como doença de parkinson.

Cintilografia Hepática

Pesquisa de hemangioma.

Cintilografia de Glândulas Lacrimais

Pesquisa de processo inflamatório local ou disfunção glandular (doença de Sjogren).

Cintilografia Miocárdica (Repouso e Esforço)

cintilografia-miocardica-repouso-e-esforco-01
cintilografia-miocardica-repouso-e-esforco-02

Pra que serve?

  • Indicada para pesquisa de cardiopatia isquêmica e suas complicações;
  • Pesquisa de doença coronariana;
  • Avaliação para cirurgias prolongadas ou submetidos a angioplastias ou revascularizações;
  • Avaliação do fluxo sanguíneo para o músculo cardíaco;

Este exame pode ajudar o médico a escolher a conduta mais apropriada para evitar a ocorrência de problemas futuros, como o infarto do miocárdio, por exemplo.

Orientação do Exame:

  • Evitar Cafeína e seus derivados 24 hrs antes do exame (Café, café descafeinado, chimarrão, refrigerantes, chás preto, chocolate, banana)
  • Atividades físicas deverão ser suspensas 24 horas antes do exame;
  • Não fumar ou beber bebidas alcoólicas na véspera e no dia do exame;
  • Não é necessário jejum para o exame (fazer apenas uma leve refeição 2 horas antes do exame, com alimentos de fácil digestão e sem o uso de cafeína);
  • Vir de roupa leve como abrigo e/ou calção e tênis;
  • Trazer exames recentes relacionados ao coração (teste de esforço, ecocardiograma, cintilografia de perfusão miocárdica, cateterismo cardíaco etc.);;
  • Trazer lista de medicamentos em uso;
  • Só serão aceitos acompanhantes (maiores de 18 anos) se o paciente tiver necessidades especiais.
  • Mulheres grávidas, com suspeita de gravidez ou amamentando não poderão realizar o exame;

Atenção:

  • Medicamentos só devem ser suspensos com autorização do médico solicitante;
  • Pacientes com asma e bronquite passarão por avaliação, para realizar estresse farmacológico;

Como é realizado o exame? 

O exame de Cintilografia cardíaca é realizado em duas etapas, sendo uma de repouso e outra de estresse físico ou farmacológico em períodos distintos ao longo de dois dias.

Na etapa de repouso será injetado no paciente uma dose de radiofármacos por via endovenosa (não é contraste e não causa reações colaterais) e é orientado a fazer um lanche com alimentos de preferência ligeiramente gordurosos(pois estimulam o metabolismo do fígado e reduz o tempo total do exame), após um determinado tempo necessário para que os radiofármacos alcancem o músculo cardíaco, (indicado pela equipe do serviço)retorna para fazer a aquisição das imagens o paciente é levado para a sala de exame e são realizadas as imagens do coração em repouso.

Na fase de estresse é realizado um teste ergométrico (esteira – por isso, é necessário comparecer ao local do exame com um traje adequado (calção ou moletom e tênis). Mulheres deverão vestir sutiã apropriado para atividade física (top), ou estímulo farmacológico, ou seja, uso de medicamentos para aumentar a frequência cardíaca (realizados sob supervisão de um cardiologista). Quando se atinge a frequência desejada, o radiofármaco é injetado. O paciente novamente é liberado para fazer um lanche com alimentos ligeiramente gordurosos e uma caminhada leve. Após isso, são capturadas imagens do coração após seu estagio de stress.

Importante destacar: 

  • A cintilografia de perfusão é um exame muito seguro. O radiofármaco utilizado na cintilografia produz menos radiação para o organismo que uma tomografia, além de não causar reação alérgica.
  • Lembramos que a cintilografia de perfusão não usa contraste.
  • O exame consiste em comparar as imagens obtidas no repouso e após a fase de estresse.

Pesquisa de Viabilidade Miocárdica com Tálio-201

Para que serve?

  • Pesquisar a viabilidade do musculo miocárdico;
  • Detectar áreas do coração que estão com metabolismo muito baixo;
  • Com o diagnóstico, é possível determinar se há possibilidade de se indicar uma angioplastia ou cirurgia de revascularização miocárdica (ponte de safena ou mamária).

Orientações do exame:

  • Jejum de no mínimo, 3 horas para realizar o exame;
  • Suspender alimentos que contenham cafeína 24 hrs antes do exame(café,chocolates, refrigerantes, chimarrão, banana, bebidas alcólicas);
  • Evitar atividades físicas 24 hrs antes do exame;
  • Mulheres grávidas, com suspeita de gravidez ou amamentando não poderão realizar o exame;
  • Só serão aceitos acompanhantes (maiores de 18 anos) se o paciente tiver necessidades especiais.
  • Trazer laudos de exames realizados previamente relacionados ao coração;
  • Não suspender qualquer uso de medicamentos sem orientação do médico assistente;
  • Utilizar roupas confortáveis;

Como é realizado o exame?

O exame é dividido em até três etapas sendo:

Primeira: o tálio-201 é injetado no paciente por via endovenosa. Ele é encaminhado para uma sala onde aguardará cerca de 15 minutos para que o radiofármarco seja absorvido pelo organismo. Logo após é realizada as imagens do coração na gama câmara que dura cerca de 20 minutos (Após essa etapa, o paciente já pode se alimentar).

Segunda: O paciente retorna 4 horas após o término da primeira, onde chamamos de redistribuição e consiste na obtenção de novas imagens do coração. Para alguns pacientes, o exame pode acabar logo após a finalização desta fase, que dura, aproximadamente 20 minutos.

Porém, para a maioria é necessário passar pela terceira fase do exame, onde uma nova dose do tálio-201 é administrada e, após 24h, serão realizadas mais imagens do coração.

Terceira: Ficará a critério do médico cardiologista e do médico nuclear alterações no protocolo, dependendo das condições de saúde do paciente.

Cintilografia Óssea de Corpo Inteiro com ou sem Fluxo Sanguíneo

cintilografia-ossea-decorpo-inteiro-com-ou-sem-fluxo-sanguineo
cintilografia-ossea-decorpo-inteiro-com-ou-sem-fluxo-sanguineo-02

Pra que serve?

Pacientes com:

  • dores inespecíficas no corpo ainda sem diagnóstico realizado (fibromialgia?).

Neste caso, a cintilografia, por ser um exame de corpo inteiro vai identificar num único exame se existem causas objetivas para os sintomas, como sinais de artrite/ artrose nas várias articulações do corpo, incluindo os segmentos da coluna vertebral e as regiões sacroilíacas.

Um estudo cintilográfico sem alterações significativas gera tranquilidade ao médico de que não existe uma causa relevante e direta para os sintomas e não deixa passar uma doença potencialmente tratável.

  • dores focais, tanto em coluna como outras estruturas osteoarticulares.

Se for em coluna, solicitar cintilografia óssea com SPECT.

Outras Indicações:

  • Localização de Tumores ósseos primários malignos ou não oriundos de outros órgãos (em geral de pulmão, próstata ou mama);
  • Detecção de inflamações ou doenças metabólicas dos óssos;
  • Detecção de metástases;
  • Avaliação de próteses ósseas;
  • Diagnóstico precoce de osteomilite;
  • Localização de fraturas não detectáveis por radiografias (fratura por estresse);
  • Avaliação de dor óssea sem achados radiológicos significativos;
  • Detecção de necrose avascular sistêmica de pacientes com doença ostearticular etc.

 

Orientações do exame:

  • Não é necessário jejum;
  • Não é necessário suspender o uso de medicamentos;
  • Trazer laudos de exames realizados anteriormente relacionados a imagem (cintilografia óssea, ressonância magnética, tomografia computadorizada, ultrassonografia, radiografia, entre outros.);
  • Evitar o uso de peças que contenham partes metálicas (botões, fivelas, zíperes) bem como não utilizar pulseiras, brincos ou outras peças, pois podem interferir nas imagens.
  • Só serão aceitos acompanhantes (maiores de 18 anos) se o paciente tiver necessidades especiais.
  • Mulheres grávidas, com suspeita de gravidez ou amamentando não poderão realizar o exame;

Como é realizado o exame?

O paciente irá receber, por meio de uma dose de radiofármacos por via endovenosa, o radiofármaco que se ligará aos ossos para visualização do esqueleto. O tempo entre a aplicação e a total concentração da substância nos ossos pode variar entre 2 até 6 horas.

Durante esse período, é aconselhável que o paciente ingira bastante líquido e fique à vontade para esvaziar a bexiga sempre que necessário e tente se movimentar (fazer caminhadas leves) o máximo possível. Não é obrigatório permanecer na clínica enquanto espera.

Após aguardar, o paciente realizará o exame na gama câmara. É quando serão obtidas as imagens do esqueleto e das áreas que houver interesse médico. Essa etapa demora aproximadamente 30 a 40 minutos.

Pesquisa de Corpo Inteiro (Pci) com Gálio-67 ou Rastreamento Corporal Total com Ga-67

pesquisa-de-corpo-inteiro-01
pesquisa-de-corpo-inteiro-02

Pra que serve?

  • Detectar a presença de processos infecciosos, inflamatórios e tumores;
  • Avaliação de resposta ao tratamento, extensão da doença e indicação de prognóstico em pacientes com linfoma de Hodgkin e não-Hodgkin;
  • Avaliação e acompanhamento de pacientes em processos inflamatório linfocíticos ou granulocítico.
  • Pesquisa de corpo inteiro de febre de origem desconhecida

Orientações do exame:

  •  Para realizar o exame, não é necessário estar em jejum;
  • O paciente deverá trazer por escrito o nome dos medicamentos que está tomando no momento;
  • O paciente não deve ter realizado ressonância magnética com contraste de gadolínio antes da injeção do radiotraçador;
  • Se possível, trazer laudos de exames realizados previamente e que sejam de interesse. (Cintilografia óssea, ultrassonografia, ressonância magnética e tomografia computadorizada);
  • Utilizar roupas confortáveis e evitar o uso de peças que contenham partes metálicas (botões, fivelas, zíperes) bem como não utilizar pulseiras, brincos ou outras peças, pois podem interferir nas imagens;
  • Só serão aceitos acompanhantes (maiores de 18 anos) se o paciente tiver necessidades especiais.
  • Mulheres grávidas, com suspeita de gravidez ou amamentando não poderão realizar o exame;

Como é realizado o exame:

Este exame é realizado em duas etapas:

1º Etapa – O paciente receberá, por via endovenosa, a dose do radiotraçador. O material não causa nenhum efeito colateral. O paciente deve apartir deste dia fazer uma dieta muito leve para que o intestino se mantenha mais limpo. Em casos de pacientes com intestino preguiçoso recomenda-se tonar um laxante até 12 horas antes do exame de imagem.

2º Etapa – Após 48 hrs da aplicação do material, chegou a hora de realizar as imagens, que podem ser do corpo inteiro e/ou das áreas de interesse, caso seja necessário. A duração deste procedimento é de aproximadamente 40 minutos até 1 hora.

OBS: Caso o radiotraçador não seja eliminado adequadamente, mesmo com o uso de laxantes, poderá ser solicitada a realização de imagens adicionais no dia seguinte.

Pesquisa de Corpo Inteiro com MIBG (Iodo 131 E 123) – Medula Adrenal

Pra que serve?

  • Pesquisa de Feocromocitoma;
  • Suspeita de paraganglioma intra adrenal;
  • Pesquisa de lesões metastáticas ou extra renais;
  • Pesquisa de neuroblastoma e carcinoma medular de tireóide;

ATENÇÃO: Para a realização deste exame entre em contato com o serviço de Medicina Nuclear para obtenção de informações e esclarecimentos junto a equipe técnica, pois há casos específicos a cada paciente que devem ser levados em conta antes do agendamento.

Pesquisa de Corpo Inteiro (PCI) com Iodo-131- ou Rastreamento Corporal Total com I-131

pesquisa-de-corpo-inteiro-com-iodo

Pra que serve?

  • Avaliação pré e após dose terapêutica do iodo-131;
  • Avaliar Tecido Tireoidiano ectópico;
  • Avaliar restos de tecidos após tireidectomia total;
  • Avaliar metástases de Carcinomas diferenciados de tireóide;

Orientações do exame:

  • O paciente precisará fazer uma dieta restrita em sal iodado entre 7 a 20 dias (ver recomendação médica);
  • Deverá suspender a medicação da tireoide entre 7 a 30 dias;(dependendo do nome do medicamento em uso)
  • Realizar tsh em torno de 4 dias antes da dose de iodo131 e comunicar o serviço de medicina nuclear sobre o resultado;
  • Após a administração da dose deverá manter-se a uma distancia de no mínimo 2 metros de pessoas (principalmente gestantes, crianças e animais domésticos) por no mínimo 2 dias;
  • Não compartilhar chimarrão com outras pessoas por no mínimo 1 semana;
  • Evitar de utilizar o mesmo banheiro por no mínimo 1 semana;
  • Mulheres grávidas, com suspeita de gravidez ou amamentando não poderão realizar o exame (ou com orientação médica);
  • Para realizar o exame, não é necessário estar em jejum;
  • Se possível, trazer laudos de exames realizados previamente e que sejam de interesse. (Cintilografia da tireoide, ultrassonografia tireoide, ressonância magnética e tomografia computadorizada);
  • Após a administração da dose até o dia do exame evitar roer unhas e passar o cabelo na boca.
  • Não retornar com a mesma vestimenta (que usou no dia da dose) no dia do exame;
  • O intestino não deve estar muito constipado para a realização da imagens 48 horas após a dose, por isso recomenda-se a ingestão de alimentos leves e ricos em fibras no dia anterior a imagem.(Em casos de pacientes com intestino mais lento, recomenda-se a administração de um laxante na véspera da aquisição das imagens.)
  • Evitar blusas de gola alta na realização da imagem;

Dieta pobre em iodo e recomendações em anexo.

Como é realizado o exame:

Este exame é realizado em duas etapas:

1º Etapa – O paciente receberá, por via oral a dose do radiotraçador. O material não causa nenhum efeito colateral. O paciente deve apartir deste dia fazer uma dieta muito leve para que o intestino se mantenha mais limpo. Em casos de pacientes com intestino preguiçoso recomenda-se tonar um laxante até 12 horas antes do exame de imagem. A partir da dose o paciente é liberado e orientado sobre os cuidados junto a outras pessoas.

2º Etapa – Após 48 hrs da aplicação do material, chegou a hora de realizar as imagens, que podem serão do corpo inteiro e da área cervical. A duração deste procedimento é de aproximadamente 1 hora e 30 minutos.

OBS: Mesmo com o uso de laxantes, poderá ser solicitada a realização de imagens adicionais no dia seguinte.

Pesquisa de Linfonodo Sentinela ou Linfocintilografia (Melanoma ou Cancer de Mama)

pesquisa-de-linfonodo-01
pesquisa-de-linfonodo-02

Pra que serve?

Realizada antes da cirurgia para a retirada de tumor canceroso (casos de melanoma ou ca mama), a pesquisa é realizada para que se possa detectar a presença de linfonodos sentinela (Um gânglio linfático que recebe células oriundas de um tumor).

Orientações do exame:

  • Para realizar o exame, não é necessário estar em jejum, porém segue-se a orientação pré operatória do cirurgião ou anestesista;
  • Caso seja urgente realizar o exame em mulheres que estão amamentando, elas devem interromper o aleitamento no dia do exame e só voltar à prática 2 dias depois (ou seguindo orientação médica);
  • Não será necessário suspender medicamentos antes da realização do exame (sugere-se seguir avaliação médica);
  • Se possível, trazer laudos de exames realizados previamente e que sejam de interesse. (Ultrassonografia, mamografia, ressonância magnética, entre outros);
  • Utilizar roupas confortáveis e evitar o uso de peças que contenham partes metálicas (botões, fivelas, zíperes) bem como não utilizar pulseiras, brincos ou outras peças, pois podem interferir nas imagens;
  • Só serão aceitos acompanhantes (maiores de 18 anos) se o paciente tiver necessidades especiais.
  • Mulheres grávidas, com suspeita de gravidez ou amamentando não poderão realizar o exame;

Como é realizado o exame:

Existem poucas diferenças na realização do exame para pacientes com melanoma e de pacientes com câncer de mama.

Pacientes com melanoma:

O paciente receberá uma pequena quantidade de radiação através de uma injeção subdérmica. Em seguida, serão feitos entre 2 e 4 pontos de injeção em torno das células tumorais. Imediatamente após a aplicação das injeções, as imagens serão adquiridas através do aparelho gama camara e localizado o ponto(através de marcação na pele), onde o cirurgião fará a incisão no momento da cirurgia. Após a localização dos pontos o paciente é liberado para dirigir-se ao local da cirurgia e orientado para manter os pontos sinalizados na pele.

Pacientes com câncer de mama:

Neste caso, a injeção do material radioativo é feita na região da auréola, com projeção para o tumor;

A seguir, o paciente será orientado para que aguarde por um período de 20 a 40 minutos para que o radiotraçador chegue ao linfonodo sentinela (Durante este período, recomenda-se que o paciente faça massagens suaves e circulares pelo caminho em que o radiotraçador irá passar). Após o tempo de espera, as imagens serão adquiridas através do aparelho gama camara e localizado o ponto (através de marcação na pele), onde o cirurgião fará a incisão no momento da cirurgia. Após a localização dos pontos o paciente é liberado para dirigir-se ao local da cirurgia e orientado para manter os pontos sinalizados na pele.

 OBS: No momento da cirurgia, o médico nuclear, irá auxiliar o cirurgião para que encontre o linfonodo sentinela utilizando uma sonda detectora de radiação, chamada Gama Probe.

Linfocintilografia dos Membros

llinfocinitilografia-01
llinfocinitilografia-02

Pra que serve?

O exame de linfocintilografia dos membros. é um método pouco invasivo, de fácil realização utilizado basicamente para:

  • Avaliação da drenagem linfática, diagnóstico de linfedema;
  • Permite o estudo tanto da anatomia quanto da fisiologia da circulação linfática;

OBS: Para a realização deste exame entre em contato com o serviço de Medicina Nuclear para obtenção de informações e esclarecimentos junto a equipe técnica, pois há casos específicos a cada paciente que devem ser levados em conta antes do agendamento.

Cintilografia de Perfusão Cerebral com Ecd

cintilografia-de-perfusao
cintilografia-de-perfusao-02

O SPECT cerebral ou cintilografia de perfusão cerebral é útil nas mais diversas patologias neurológicas e psiquiátricas.

  1. a) Pacientes com queixas iniciais de perda de memória ou perda cognitiva ou mudança de comportamento.

Neste cenário, a cintilografia é realizada para avaliar mudanças perfusionais/ metabólicas que aparecem de modo precoce no curso de um processo de demência, anos antes do quadro clínico se manifestar de modo significativo. Pela característica e distribuição dos achados da cintilografia, ela faz o diagnóstico diferencial entre os principais tipos de demências, oportunizando um direcionamento terapêutico diferente por parte do neurologista.

Quando o exame não traz alterações significativas, afasta naquele momento o início de um quadro de demência, gera uma tranquilidade aos pacientes e médico, que não está deixando passar a possibilidade de um diagnóstico precoce de demência. Se aparecem achados pouco relevantes ou duvidosos, o controle cintilográfico evolutivo, na dependência da manutenção ou piora dos sintomas, pode ser indicado, quando um exame comparativo pode agregar na tentativa de fechar um diagnóstico precoce de demência.

b)Pacientes com quadro de depressão

Este pacientes apresentam menor perfusão frontal, com melhora sintomática associada a melhora da perfusão na cintilografia, sendo portanto um marcador imaginológico do status do quadro depressivo.

Indicações da cintilografia de Perfusão Cerebral:

Doença de Alzheimer, demência vascular, demência frontotemporal, localização de foco epileptogênico na epilepsia (através de estudo ictal e inter-ictal).

 Atenção:

Para a realização deste exame entre em contato com o serviço de Medicina Nuclear para obtenção de informações e esclarecimentos junto a equipe técnica, pois há casos específicos a cada paciente que devem ser levados em conta antes do agendamento.

Cintilografia com OCTREOTIDE

octreotide-01
octreotide-02

Tumores neuroendócrinos são tumores raros e de difícil diagnóstico. Grande parte desses tumores expressa receptores de SST. O OCTREOTIDE tem sido utilizado pela Medicina Nuclear em exames para a detecção e localização de tumores neuroendócrinos e alguns não-neuroendócrinos.

Sua incidência é aproximadamente 0,001% e os pacientes apresentam sobrevida longa. A cintilografia com 111-In octreotide é um exame com elevada especificidade diagnóstica, uma vez que este fármaco é um peptídeo análogo da somatostatina e seu princípio de ação é fundamentado no acoplamento desta proteína aos receptores presentes nas células de tumores carcinóides.

Atenção:

Para a realização deste exame entre em contato com o serviço de Medicina Nuclear para obtenção de informações e esclarecimentos junto a equipe técnica, pois há casos específicos a cada paciente que devem ser levados em conta antes do agendamento

Cintilografia Testicular ou Escrotal

cintilografia-testicular-ou-escrotal

Para que serve?

  • Suspeita de torção testicular;
  • Diagnóstico diferencial do hemiescroto agudo e identificação de varicocele.

 Atenção: Para a realização deste exame entre em contato com o serviço de Medicina Nuclear para obtenção de informações e esclarecimentos junto a equipe técnica, pois há casos específicos a cada paciente que devem ser levados em conta antes do agendamento.

Cintilografia Cerebral com Trodat ( Parkinson)

cerebral-com-trodal-01
cerebral-com-trodal-02

O TRODAT é um radiofármaco com alta seletividade e especificidade pelos transportadores de dopamina (DAT), e é um traçador que se liga seletivamente aos receptores de dopamina pré-sinápticos (DAT) na substância negra do mesencéfalo. Nos pacientes com quadro clínico típico e boa resposta à terapia com levodopa, nem sempre há necessidade de confirmação com exames funcionais. Contudo, nos indivíduos com indicação de procedimentos terapêuticos agressivos ou, ainda, no diagnóstico diferencial entre outras síndromes parkinsonianas e a DP, o uso da CINTILOGRAFIA COM TRODAT pode ser útil, já que há semelhanças nos sinais e sintomas dessas doenças em seus estágios iniciais, mas o tratamento e o prognóstico diferem. Na DP, vale assinalar, a redução da captação estriatal é mais assimétrica e acomete o putâmen de forma preferencial.

O exame também contribui com a diferenciação entre a doença de Alzheimer (DA), primeira causa de demência, na qual a captação se mostra normal, e a demência por corpúsculos de Levy, segunda causa, na qual há diminuição da captação no putâmen e no caudado.

  1. a) Pacientes com queixa tanto inicial ou mais antiga de tremores

Nesses casos, o essencial é garantir que o paciente esteja com tremores essenciais ou outras causas benignas (ex. farmacológica) de tremores e não patologias que afetem o sistema dopaminérgico, da qual a mais prevalente é a doença de Parkinson. O exame de cintilografia com TRODAT avalia a quantidade de dopamina nos núcleos da base e um resultado normal AFASTA a ocorrência de patologia neurodegenerativa que afete o sistema dopaminérgico, como o Parkinson e aponta para uma causa benigna dos tremores, como o tremor essencial. Um resultado alterado aponta a ocorrência de patologia neurodegenerativa que afete o sistema dopaminérgico, sendo a principal a doença de Parkinson, sendo que o exame fica alterado alguns anos antes do quadro clínico ser exuberante a ponto do diagnóstico poder ser feito clinicamente, oportunizando a instituição muito precoce do tratamento por parte do médico.

 Atenção:

Para a realização deste exame entre em contato com o serviço de Medicina Nuclear para obtenção de informações e esclarecimentos junto a equipe técnica, pois há casos específicos a cada paciente que devem ser levados em conta antes do agendamento.

Tratamento

Tratamento de Hipertireoidismo com Iodo 131

O iodo 131 pode ser usado para tratamento de doenças benignas da tireoide como hipertireoidismo (bócio difuso ou nodular) , assim como aumento da glândula sem sintomas para redução de seu tamanho.

Informações importantes:
O iodo 131 é dado via oral (pela boca) e eliminado principalmente pelo sistema urinário e digestivo.

Paciente deve estar ciente que existe risco de hipotireoidismo pela lesão esperada do tecido tireoidiano.

Pacientes do sexo feminino devem se certificar quanto a possibilidade de estar grávidas já que a mesma contraindica iodoterapia.

A amamentação deve ser suspensa e não poderá ser retomada nesta criança, caso a terapia com iodo 131 seja escolhida.
Recomenda-se evitar futura gestação por ao menos 6 meses.

Qualquer uso de medicação deve ser suspensa somente a critério do médico assistente.

As doses variam de acordo com o caso específico de cada paciente.
Pacientes que recebem iodoterapia devem evitar usar mesmo talheres, roupa de cama, toalhas, etc num período aproximado de 3 a 5 dias.
Pacientes após receber iodoterapia devem evitar contato com gestantes e crianças por período de 3 a 5 dias.

PREPARO

Qualquer uso de medicação deve ser suspensa somente a critério do médico assistente.

O serviço de medicina nuclear aconselha suspender medicação antitireoidina 3 dias antes da dose de iodo 131.
Sugere-se dieta com restrição de iodo por no mínimo 7 dias para melhorar a qualidade do tratamento.Neste caso aconselha-se suspender:

– Sal, ou trocá-lo por sal não iodado (encontrado em farmácias).
– Laticínios (leite, queijo, iogurte etc).
– Frutos do mar
– Enlatados, defumados (charque), carne processada (salsicha, presunto etc), caldo de carne em tabletes, pois todos contém grande quantidade de sal.
– Bebidas isotônicas, refrigerantes ou bebidas com corantes, pois também contém sal.
– Pães industriais ou biscoitos

PROCURE alimentar-se em casa devido a maior possibilidade de controle sobre o que se está comendo.

Tratamento de Câncer de Tireoide com Iodo 131

O iodo radioativo é usado na terapia do controle dos carcinomas diferenciados da glândula tireóide. O objetivo deste tratamento é o combate às células cancerígenas que ainda restaram após a cirurgia (tireoidectomia). A dose de iodo radioativo (I-131) para uso terapêutico é determinada por um estudo prévio de captação de iodo pela tiroide (casos de hipertireoidismo), ou através de um estudo clínico do paciente sob orientação médica (para casos de pacientes tireoidectomizados).

Pra que serve?

  • Em pacientes idosos com doença de Graves pré-tratados com tionamidas,
  • Como tratamento de primeira linha para adultos com doença de Graves com hipertiroidismo leve e bem tolerado,
  • No tratamento dos pacientes que recidivaram após remissão com tionamida,
  • Em pacientes que apresentaram efeitos colaterais graves com uso das tionamidas
  • Em pacientes que apresentaram recidiva de hipertiroidismo após tratamento cirúrgico.
  • Ablação de qualquer tecido de tireoide remanescente da cirurgia ou para tratar o câncer de tireoide que se disseminou para os gânglios linfáticos ou outros órgãos

Tratar carcinomas anaplásicos e medulares da tireoide, porque estes tipos de câncer não captam iodo.

Orientações do tratamento:

  • O paciente precisará fazer uma dieta restrita em sal iodado entre 7 a 20 dias (ver recomendação médica);
  • Deverá suspender a medicação da tireoide entre 7 a 30 dias;(dependendo do medicamento em uso)
  • Realizar tsh em torno de 4 dias antes da dose de iodo131 e comunicar o serviço de medicina nuclear sobre o resultado;
  • Para realizar o tratamento, recomenda-se jejum de 2 horas;
  • Para doses inferiores a 49 mCi o paciente fara a administração da dose(tratamento) e será liberado e orientado quantos aos cuidados exigidos;
  • Para doses superiores a 50 mCi o paciente terá que ficar internado até atingir o nível de radiação determinado pela CNEN para liberação;
  • Após a administração da dose o paciente deverá manter-se a uma distancia de no mínimo 2 metros de pessoas (principalmente gestantes, crianças e animais domésticos) por no mínimo 7 dias;
  • Não compartilhar chimarrão com outras pessoas por no mínimo 15 dias;
  • Evitar de utilizar o mesmo banheiro por no mínimo 15 dias;
  • Dormir em quartos separados e evitar relações sexuais por no mínimo 15 dias;
  • Após a administração da dose até o dia do exame de rastreamento corporal total pós dose (realizado entre 7 a dias após a dose) evitar roer unhas e passar o cabelo na boca.
  • Não retornar com a mesma vestimenta (que usou no dia da dose) no dia do exame de rastreamento;

P.S: Como foi aplicada uma dose de radiação, é aconselhável que o paciente mantenha distância principalmente de crianças pequenas, gestantes e animais de estimação pelo período indicado pelo serviço de Medicina Nuclear conforme a dose de Iodo 131 administrada. Porém, ressaltamos que os níveis de radiação administrados seguem a orientação médica para o tratamento e são absolutamente seguros.

Dieta pobre em iodo e recomendações em anexo.